Carregando... Por favor, aguarde...
Apostilas Autodidata. A Solução em apostilas para concursos!
ATENDIMENTO AO CLIENTE
WhatsApp: (91) 983186353 Fixo (91) 3352-1392
e-mail: contato@apostilasautodidata.com.br
 
Carrinho

Você possui 0 itens em seu carrinho. Seu subtotal é R$0,00.

Ver carrinho ou Finalizar Pedido

(vazio) R$0,00

Apostila impressa concurso da AGED-MA 2018 - Veterinário

  • Imagem 1

Por: R$ R$150,00
Ou em 12x de R$14,18
no cartão de crédito


ENTREGA:

Descrição do Produto

SECRETARIA DE ESTADO DA GESTÃO, PATRIMÔNIO E ASSISTÊNCIA DOS SERVIDORES - SEGEP 

AGÊNCIA ESTADUAL DE DEFESA AGROPECUÁRIA DO MARANHÃO - AGED 

CONCURSO PÚBLICO 

Edital N° 03/2017 de Abertura de Inscrições

CARGO: VETERÍNÁRIO

Língua Portuguesa: Ortografia. Acentuação gráfica. Flexão nominal e verbal. Pronomes: emprego, formas de tratamento e colocação. Emprego de tempos, modos e aspectos verbais. Vozes do verbo. Classes de palavras: substantivo, adjetivo, artigo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição, conjunção: emprego e sentido que imprimem às relações que estabelecem. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Ocorrência de crase. Sintaxe: coordenação e subordinação. Pontuação. Redação (confronto e reconhecimento de frases corretas e incorretas). Compreensão de texto.

Noções de Informática: Conceitos fundamentais de internet, intranet e redes de computadores. Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática. Conceitos e modos de utilização de aplicativos para edição de textos, planilhas e apresentações utilizando-se a suíte de escritório Microsoft Office 2010 e 2013. Conceitos e modos de utilização de sistemas operacionais Windows 7. Noções básicas de ferramentas e aplicativos de navegação (Google Chrome, Firefox e Internet Explorer) e correio eletrônico (Webmail e Microsoft Outlook 2010 e 2013). Noções básicas de segurança da informação e proteção: vírus, worms e outros tipos de malware.

Atualidades: Atualidades políticas, econômicas e sociais. Direitos e garantias fundamentais (artigo 5º da Constituição Federal). População do Maranhão.

Geografia do Maranhão: Clima, Solo, Regime pluviométrico, Hidrografia e Relevo.

Economia do Maranhão: Extrativismo, Agropecuária, Instria e Comércio. Transportes. Lei nº 6.107, de 27 de julho de 1994 e alterações posteriores – Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado do Maranhão e dá outras providências.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

INFORMAÇÃO ZOOSSANITÁRIA 

1. Sistema Nacional de Informação Zoossanitária

2. Doenças de Notificação Obrigatória ao Serviço Veterinário Oficial

PROGRAMAS SANITÁRIOS NACIONAIS

1. Programa Nacional de Controle da Raiva dos Herbívoros e outras encefalopatias

2. Programa Nacional de Sanidade Avícola PNSA

3. Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e da Tuberculose PNCEBT

4. Programa Nacional de Sanidade dos Equinos PNSE

5. Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa PNEFA

6. Programa Nacional de Sanidade Apícola PNSAp

7. Programa Nacional de Prevenção e Vigilância da Encefalopatia Espongiforme Bovina PNEEB

8. Programa Nacional de Sanidade dos Caprinos e Ovinos PNSCO

9. Programa Nacional de Sanidade dos Suídeos PNSS

10. Programa Nacional de Sanidade de Animais Aquáticos de Cultivo

INSPEÇÃO DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL

1. Boas práticas de fabricação

2. Classificação dos Estabelecimentos

3. Fluxograma de Abate de Bovinos, Bubalinos, Suínos

4. Inspeção Industrial e Sanitária do Leite e seus derivados

5. Inspeção Industrial e Sanitária do Mel e seus derivados

6. Inspeção Industrial e Sanitária dos Ovos e seus derivados

7. Inspeção Industrial e Sanitária dos Pescados e seus derivados

8. Inspeção Industrial e Sanitária de Abate de Aves e pequenos Animais

9. Patógenos de interesse de saúde pública implicados em surtos alimentares por consumo de produtos de origem animal

LEGISLAÇÃO FEDERAL

DEFESA ANIMAL

1. Instrução Normativa MAPA nº 44, de 2 de outubro de 2007 – Aprova as diretrizes gerais para a Erradicação e a Prevenção da Febre Aftosa, constante do Anexo I, e os Anexos II, III e IV, desta Instrução Normativa, a serem observados em todo o Território Nacional, com vistas à implementação do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa – PNEFA, conforme o estabelecido pelo Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária

2. Instrução Normativa MAPA nº 19, de 3 de maio de 2011 – Adota o formato eletrônico da Guia de Trânsito Animal – GTA, na forma do modelo e-GTA, para movimentação, em todo o território nacional, de animais vivos, ovos férteis e outros materiais de multiplicação animal, conforme legislação vigente, cuja emissão obedecerá às diretrizes do Programa Governo Eletrônico Brasileiro

3. Instrução Normativa nº 18, de 18 de julho de 2006 – Aprova o modelo da Guia de Trânsito Animal – GTA a ser utilizado em todo o território nacional para o trânsito de animais vivos, ovos férteis e outros materiais de multiplicação animal conforme legislação vigente

4. Instrução Normativa nº 45, de 15 de junho de 2004 – Aprova as Normas para a Prevenção e o Controle da Anemia Infecciosa Equina

5. Instrução Normativa nº 24, de 5 de abril de 2004 – Aprova as Normas para o Controle e a Erradicação do Mormo

6. Instrução Normativa nº 47, de 18 de junho de 2004 – Aprova o Regulamento Técnico de Programa Nacional de Sanidade Suídea – PNSS

7. Instrução Normativa nº 19 de 15 de fevereiro de 2002 – Aprova as Normas a serem cumpridas para a Certificação de Granjas de Reprodutores Suídeos

8. Instrução Normativa SDA nº 17, de 7 de abril de 2006 – Aprova, no âmbito do Programa Nacional de Sanidade Avícola, o Plano Nacional de Prevenção da Influenza Aviária e de Controle e Prevenção da Doença de Newcastle

9. Portaria nº 108, de 17 de março de 1993 – Aprova as Normas anexas à presente Portaria, a serem observadas em todo o Território Nacional para a realização de exposições e feiras agropecuárias, leilões de animais e para a formação de Colégio de Jurados das Associações encarregadas da execução dos Serviços de Registro Genealógico

10. Instrução Normativa nº 16, de 8 de maio de 2008 – Institui o Programa Nacional de Sanidade Apícola – PNSAp, no âmbito do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Portaria nº 162, de 18 de outubro de 1994 – Aprova as Normas complementares anexas à presente Portaria, baixadas pelo Departamento de Defesa Animal, que versam sobre a Fiscalização e o Controle Zoossanitário das Exposições, Feiras, Leilões e outras aglomerações de animais, em todo território Nacional

11. Portaria nº 116, de 20 de setembro de 2017 – Aprova o Plano Estratégico do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa – PNEFA para 2017- 2026

12. Instrução Normativa MAPA 5, de 1º de março de 2002 – Aprova as Normas Técnicas para o controle da raiva dos herbívoros domésticos, em conformidade com o Anexo a esta Instrução Normativa

13. Instrução Normativa Ministerial nº 41, de 8 de outubro de 2009 – Aprova os procedimentos a serem adotados na fiscalização de alimentos de ruminantes em estabelecimentos de criação e na destinação dos ruminantes que tiveram acesso a alimentos compostos por subprodutos de origem animal proibidos na sua alimentação, na forma dos Anexos à presente Instrução Normativa

14. Instrução Normativa nº 8, de 25 de março de 2004 – Proíbe em todo o território nacional a produção, a comercialização e a utilização de produtos destinados à alimentação de ruminantes que contenham em sua composição proteínas e gorduras de origem animal

15. Instrução Normativa nº 10, de 3 de março de 2017 – Estabelece o Regulamento Técnico do Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e da Tuberculose Animal – PNCEBT e a Classificação das Unidades da Federação de acordo com o grau de risco para as doenças brucelose e tuberculose, assim como a definição de procedimentos de defesa sanitária animal a serem adotados de acordo com a classificação, na forma desta Instrução Normativa

16. Instrução Normativa MPA nº 4, de 4 de fevereiro de 2015 – Institui o Programa Nacional de Sanidade de Animais Aquáticos de Cultivo – “Aquicultura com Sanidade”

17. Instrução Normativa Interministerial MPA/MAPA n° 7, de 8 de maio de 2012 – Institui o Programa Nacional de Controle Higiênico-Sanitário de Moluscos Bivalves – PNCMB, estabelece os procedimentos para a sua execução e dá outras providências

18. Instrução Normativa nº 50, de 24 de setembro de 2013 – Altera a lista de doenças passíveis da aplicação de medidas de defesa sanitária animal, previstas no art. 61 do Regulamento do Serviço de Defesa Sanitária Animal, publicado pelo Decreto nº 24.548, de 3 de julho de 1934, na forma do Anexo à presente Instrução Normativa

INSPEÇÃO INDUSTRIAL E SANITÁRIA DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL:

1. Inspeção industrial e sanitária dos produtos de origem animal (Lei nº 1.283, de 18 de dezembro de 1950 atualizada e Lei nº 7.889, de 23 de novembro de 1989)

2. Regulamentação da Lei nº 1.283, de 18 de dezembro de 1950 e Lei nº 7.889, de 23 de novembro de 1989 (Decreto nº 9.013 de 29 de março de 2017 e alteração introduzida pelo Decreto nº 9.069 de 31 de maio de 2017)

3. Normas técnicas de instalações e equipamentos para abate e industrialização de suínos (Portaria 711 de 1° de novembro de 1995)

4. Normas higiênico-sanitárias e tecnológicas para leite e produtos lácteos (Portaria MAPA 004 de 3 de janeiro de 1978)

5. Regulamento Técnico da Inspeção Tecnológica e Higiênico-Sanitária de Carne de Aves (Portaria n° 210 de 10 de novembro de 1998)

6. Regulamento Técnico sobre as condições Higiênico-Sanitárias e de Boas Práticas de Fabricação para Estabelecimentos Elaboradores/Industrializadores de Alimentos (Portaria nº 368, de 4 de setembro de 1997)

7. Sistema de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle – APPCC a ser implantado, gradativamente, nas indústrias de produtos de origem animal sob o regime do Serviço de Inspeção Federal (Portaria nº 46, 10 de fevereiro de 1998)

8. Regulamento Técnico de métodos de insensibilização para o abate humanitário de animais de açougue (Instrução Normativa n° 3, de 17 de janeiro de 2000)

LEGISLAÇÃO ESTADUAL

DEFESA ANIMAL

1. Lei n ° 7.386 de 16 de junho de 1999 atualizada – Dispõe sobre a defesa sanitária animal na área de competência da Gerência Geral de Planejamento e Desenvolvimento Econômico – GEPLAN, em consonância com os Decretos Federais nº 24.548/1934 e nº 75.407/1975, e dá outras providências

2. Decreto nº 20.036 de 10 de novembro de 2003 – Regulamenta a Lei nº 7.386, de 16 de junho de 1999, que dispõe sobre a Defesa Sanitária Animal, e dá outras providências

3. Portaria Estadual nº 5, de 18 de janeiro de 2016 – Dispõe sobre medidas complementares ao PNCEBT no âmbito do Estado do Maranhão

4. Portaria nº 593/2016/GAB-AGED/MA de 20 de julho de 2016 – Define as exigências sanitárias para o controle do trânsito intraestadual de aves nativas, por meio de cadastramento no Programa Estadual de Sanidade Avícola – PESA – AGED/MA, bem como a inserção no Sistema de Integração Agropecuária – SIAPEC para emissão de Guia de Trânsito Animal – GTA e-GTA e suas exigências zoossanitárias

INSPEÇÃO INDUSTRIAL E SANITÁRIA DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL

1. Lei nº 8.761 de 1º de abril de 2008 – Dispõe sobre a prévia inspeção industrial e sanitária dos produtos de origem animal no Estado do Maranhão e dá outras providências

2. Lei nº 10.086, de 20 de maio de 2014 – Dispõe sobre a habilitação sanitária de estabelecimento agroindustrial familiar, de pequeno porte ou artesanal, para elaboração e comercialização de produtos da agroindústria no Estado da Maranhão e dá outras providências

3. Decreto nº 30.388, de 15 de outubro de 2014 – Aprova o regulamento da Lei Estadual nº 10.086, de 20 de maio de 2014, que dispõe sobre a habilitação sanitária de estabelecimento agroindustrial familiar, de pequeno porte ou artesanal para elaboração e comercialização de produtos da agroindústria no Estado do Maranhão e dá outras providências

GRÁTIS: ARQUIVO COMPLEMENTAR COM:

+ Provas anteriores

+ Curso de Leitura Dinâmica, Técnica de Estudo, Concentração e Memorização.

+ Curso de memorização

+ Como Estudar Para Ser Aprovado em Provas, Exames e Concursos. 

 

Telefones WhatsApp: (91) 983186353 (Fixo) 3352-1392 (Tim) 983186353

E-mail: contato@apostilasautodidata.com.br

FORMAS DE ENTREGA:

 PARA REGIÃO METROPOLITANA DE BELÉM ENTREGAMOS VIA MOTOBOY 

DEMAIS CIDADES PELO CORRREIO

CALCULAR FRETE NO SITE

DAS FORMAS DE PAGAMENTO:

 DESCONTO DE 10% PARA DEPÓSITO BANCÁRIO NO VALOR TOTAL DA COMPRA

 No caso de depósito bancário confirme o pagamento para o e-mail: contato@apostilasautodidata.com.br para liberação do produto

  + SOBRE ESTE CONCURSO 

Concurso AGED MA: Saiu o edital para nível médio e superior! Até R$ 4 mil!

Concurso AGED MA oferta chances para todos os níveis!

Pagará inicial de até R$  4mil!

Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Concurso Aged MA) divulgou no Diário Oficial do Estado desta terça-feira, dia 21 de dezembro, o edital de abertura do concurso público com oferta de 100 vagas para nível médio e superior, além dos cargos que vierem a vagar ou forem criados, durante o prazo de validade do concurso, de dois anos, podendo dobrar.

As inscrições abrem as 10h do dia 8 de janeiro de 2018, às 14h de 9 de fevereiro de 2018, pelo site da Fundação Carlos Chagas (FCC), organizadora. As taxas estão fixadas no valor de R$ 90 (nível médio) e R$ 140 (nível superior), devendo ser efetuado o pagamento até o último dia das inscrições, nos Bancos do Brasil, Bradesco, Santander e Itaú.

Cargos concurso AGED MA

1.            Etapas concurso AGED MA

As Provas Objetivas serão realizadas nas cidades de Balsas, Caxias, Imperatriz e São Luís – Estado do Maranhão, conforme opção indicada pelo candidato no Formulário de Inscrição via Internet, com previsão de aplicação para o dia 08 de março de 2018, nos seguintes períodos:

  • a) no período da MANHÃ: para os cargos de Técnico de Fiscalização Agropecuária ou Agronegócios e Auxiliar de Fiscalização Agropecuária;
  • b) no período da TARDE: para os cargos de Fiscal Estadual Agropecuário, todas as Áreas

Último concurso AGED MA

Realizado em 2005, o concurso para AGED-MA foi organizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC) e contou com 380 vagas. Os candidatos foram avaliados por prova objetiva, de caráter classificatório e eliminatório, com 60 questões de Conhecimentos Básicos e Conhecimentos Específicos, com exceção do cargo de Auxiliar de Serviços de Campo que contou com 50 questões.

Detalhes concurso AGED MA:

  • ·                     Concurso: Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Concurso AGED-MA)
  • ·                     Banca organizadora: FCC
  • ·                     Cargos: Diversos
  • ·                     Escolaridade: Nível médio e superior
  • ·                     Remuneração: Até R$ 4,4 mil
  • ·                     Número de vagas: 100
  • ·                     Inscrições: Entre 8 de janeiro a 9 de fevereiro de 2018
  • ·                     Taxa: R$ 140 ou R$ 90
  • ·                     Provas: 8 de abril de 2018

Encontrar produtos similares pela categoria

Deixe seu comentário sobre o produto

Comentários sobre o produto

Este produto não foi comentado ainda. Seja o primeiro a comentar sobre este produto!

Últimos Visualizados por você:

Os últimos produtos visualizados:


RECEBA NOVIDADES

Menu de Páginas

 
Televendas
Segunda a Sexta das 9h00 às 18h00.
WhatsApp: (91) 983186353
e-mail: contato@apostilasautodidata.com.br
Sábado das 9h as 12h.
Domingo e Feriado sem expediente
 
Encontrenos no Facebook

Forma de Pagamento

 

selo05.png

selo-2.png

selo04.png

Copyright © 2010-2017 - Apostilas Autodidata - A solução em Apostilas Para Concursos! - End. Conj. Maguari Alameda 31 nº 13 - Belém-PA
Apostilas Autodidata