Apostila concurso da PC-PA 2015 - Delegado de Polícia
  Carregando... Por favor, aguarde...

Apostila concurso da PC-PA 2015 - Delegado de Polícia

Fabricante: Equipe Autodidata Disponibilidade: Após a confirmação do Pagamento

R$150,00

ou R$135,00 no Boleto Ou em 12x de R$12,50
sem juros no cartão de crédito



 

Apostila impressa concurso da Polícia Civil do Pará PA 2016 - DELEGADO

CONCURSO PÚBLICO GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA E
DEFESA SOCIAL
POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ
CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS
DE NÍVEL SUPERIOR DAS CARREIRAS POLICIAIS DE
DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL
CONCURSO PÚBLICO C-202

 EDITAL Nº 01/2016 – SEAD/PCPA, 11 DE JULHO DE 2016.

CARGO: DELEGADO DA POLÍCIA CIVIL DO PARÁ 2016

APOSTILA DIVIDA EM 3 VOLUMES + DE 1500 PÁGINAS + SIMULADOS + EXERCÍCIOS E PROVAS ANTERIORES DA FUNCAB


CONHECIMENTOS BÁSICOS:

LÍNGUA PORTUGUESA:

1. Compreensão e interpretação de textos.

2. Tipologia textual.

3. Ortografia oficial.

4. Acentuação gráfica.

5. Emprego das classes de palavras.

6. Emprego do sinal indicativo de crase.

7. Sintaxe da oração e do período.

8. Pontuação.

9. Concordância nominal e verbal.

10. Regência nominal e verbal.

11. Significação das palavras.

12. Redação de correspondências oficiais.

13. Coexistência das regras ortográficas atuais com o Novo Acordo Ortográfico.

 

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS:

DIREITO ADMINISTRATIVO.

1. Estado, Governo e Administração Pública: conceitos, elementos, poderes e organização; natureza, fins e princípios.  

2. Organização administrativa: centralização, descentralização, concentração e desconcentração; administração direta e indireta.

3. Agentes públicos: espécies e classificação; poderes, deveres e prerrogativas; cargo, emprego e função públicos.

4. Poderes administrativos: poder vinculado; poder discricionário; poder hierárquico; poder disciplinar; poder regulamentar; poder de polícia; uso e abuso do poder.

5. Ato administrativo: conceito; requisitos, perfeição, validade, eficácia; atributos; extinção, desfazimento e sanatória; classificação, espécies e exteriorização; vinculação e discricionariedade.

6. Serviços públicos: conceito, classificação, regulamentação e controle; forma, meios e requisitos; delegação: concessão, permissão, autorização.

7. Controle e responsabilização da administração: controle administrativo; controle judicial; controle legislativo; responsabilidade civil do Estado.

8. Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos Civis da Administração Direta, das Autarquias e das Fundações Públicas do Estado do Pará (Lei nº 5.810/94): provimento, vacância, remoção, e redistribuição; direitos, deveres, garantias e vantagens; regime disciplinar; responsabilidade civil, penal e administrativa. Improbidade administrativa (Lei nº 8.429/1992 e alterações).

9. Licitações e Contratos (Lei nº 8.666/93 e alterações).

10. Lei Estadual nº 6.474/02 (pregão)

11. Decreto Estadual nº 2.069/2006, (pregão eletrônico)

12. Lei Orgânica da Polícia Civil do Pará (Lei Complementar nº 022/94, e alterações);

 

DIREITO AMBIENTAL

1. Princípios do Direito Ambiental.

2. A Constituição Federal e o meio ambiente.

3. A legislação brasileira florestal (Leis nº 12.651/2012, 11.428/2006, 11.284/2006 e regulamentos).

4. A legislação brasileira de unidades de conservação (Lei nº 9.985/2000 e regulamentos). A Proteção e a conservação da biodiversidade. A Lei nº 11.516/2007.

5. Poder de Polícia Ambiental. Crimes e infrações administrativas contra o meio ambiente (Lei nº 9.605/1998 e regulamentos). Procedimento administrativo para apuração de infrações ambientais (Decreto nº 6.514/2008). Licenciamento ambiental (LC nº 140/2011, Lei nº 6.938/1981, Res. CONAMA nº 428/2010 e regulamentos).

6. Organizações dos Sistemas Nacionais de Meio Ambiente e de Unidades de Conservação (SISNAMA e SNUC). Instrumentos da Política Nacional de Meio Ambiente (Lei nº 6.938/1981). Proteção e conservação da biodiversidade. Legislação e tratados para a proteção às espécies ameaçadas. Biossegurança e controle de organismos geneticamente modificados (OGM).

7. Responsabilidade ambiental: conceito de dano e reparação ambiental.

8. Proteção das águas.

9. Lei de Recursos Hídricos (Lei no 9.433/97).

10. Padrões de qualidade das águas.

11. Responsabilidade ambiental. Responsabilidade civil por dano ambiental no direito brasileiro.

 

DIREITO CIVIL

1. Lei de Introdução às Normas do Direito Brasileiro.

2. Pessoa natural

3. Pessoa jurídica.

4. Personalidade.

5. Domicílio e residência.

6. Bens, diferentes classes de bens.

7. Fato Jurídico.

7.1 Atos Jurídicos Lícitos e Ilícitos.

7.2 Negócio Jurídico.

7.3 Prescrição e decadência.

8. Posse.

8.1. Classificação, aquisição, efeitos e perda.

8.2. Propriedade: aquisição e perda da propriedade.

8.3. Direito real sobre coisa alheia.

9. Responsabilidade civil.

9.1 Teoria da culpa e do risco.


DIREITO EMPRESARIAL

10.1 Origem; evolução histórica; autonomia; fontes; características.

10.2 Empresário: caracterização; inscrição; capacidade; teoria da empresa e seus perfis.

11. Teoria geral dos títulos de crédito.

11.1. Títulos de crédito: letra de câmbio; cheque; nota promissória; duplicata.

11.2. Aceite; aval; endosso; protesto; prescrição.

11.3. Ações cambiais.

12. Espécies de empresa.

12.1. Responsabilidade dos sócios.

12.2. Distribuição de lucros.

12.3 Sócio oculto.

12.4 Segredo comercial.

13 Teoria geral do direito societário.

13.1. Conceito de sociedade; personalização da sociedade.

13.2. Classificação das sociedades: sociedades não personificadas; sociedades personificadas; sociedade simples; sociedade em nome coletivo; sociedade em comandita simples; sociedade em comandita por ações; sociedade cooperada; sociedades coligadas.

13.3. Liquidação; transformação; incorporação; fusão; cisão; sociedades dependentes de autorização.

13.4. Sociedade limitada; sociedade anônima.

13.5. Estabelecimento empresarial.

13.6. Recuperação judicial; recuperação extrajudicial; falência do empresário e da sociedade empresária.

13.7. Institutos complementares do direito empresarial: registro; nome; prepostos; escrituração; propriedade industrial.

14. Sistema Financeiro Nacional: constituição; competência das entidades integrantes; instituições financeiras públicas e privadas; liquidação extrajudicial de instituições financeiras; sistema financeiro da habitação.

15. Títulos de crédito: atributos gerais; integração das leis uniformes de Genebra no direito brasileiro; nota promissória; duplicata; cheque.

 

DIREITO CONSTITUCIONAL.

1. Direito Constitucional: natureza; conceito e objeto; perspectiva sociológica; perspectiva política; perspectiva jurídica; fontes formais; concepção positiva.

2. Constituição: sentido sociológico; sentido político; sentido jurídico; conceito, objetos e elementos.

2.1. Classificações das constituições: constituição material e constituição formal; constituição-garantia e constituição-dirigente; normas constitucionais.

3. Poder constituinte: fundamentos do poder constituinte; poder constituinte originário e derivado; reforma e revisão constitucionais; limitação do poder de revisão; emendas à Constituição.

4. Controle de constitucionalidade: conceito; sistemas de controle de constitucionalidade.

4.1. Inconstitucionalidade: inconstitucionalidade por ação e inconstitucionalidade por omissão.

4.2. Sistema brasileiro de controle de constitucionalidade.

5. Fundamentos constitucionais dos direitos e garantias fundamentais: direitos e deveres individuais e coletivos; direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade; direitos sociais; nacionalidade; cidadania e direitos políticos; partidos políticos; garantias constitucionais individuais; garantias dos direitos coletivos, sociais e políticos; remédios do Direito Constitucional.

6. Proteção judicial dos direitos fundamentais, direito de petição e direito de informação.

7. Direitos humanos, tratados internacionais de proteção aos direitos humanos e repercussão no Direito brasileiro.

8. Organização do Estado brasileiro, princípios, federalismo brasileiro, organização político administrativo da União, Estados, Municípios, Distrito Federal e Territórios.

9. Poder Legislativo: fundamento, atribuições e garantias de independência. Poder Legislativo: fundamento, atribuições e garantias de independência.

10. Processo legislativo: fundamento e garantias de independência, conceito, objetos, atos e procedimentos.

11. Poder Executivo: forma e sistema de governo; chefia de Estado e chefia de governo; atribuições e responsabilidades do presidente da República.

12. Poder Judiciário: disposições gerais; Supremo Tribunal Federal; Superior Tribunal de Justiça; tribunais regionais federais e juízes federais; tribunais e juízes dos estados; funções essenciais à justiça.

13. Defesa do Estado e das instituições democráticas: segurança pública; organização da segurança pública.

14. Ordem social: base e objetivos da ordem social; seguridade social; educação, cultura e desporto; ciência e tecnologia; comunicação social; meio ambiente; família, criança, adolescente e idoso.

 

DIREITOS HUMANOS.

1. Declaração Universal dos Direitos Humanos, proclamada pela Resolução nº 217ª (III) da Assembleia Geral das Nações Unidas, de 10 de dezembro de 1948.

2. Constituição da República Federativa do Brasil – 1988. Cap. I – dos direitos e deveres individuais e coletivos (Art. 5º).

3. Direitos Humanos e seus tratados internacionais protetivos.

4. Controle de convencionalidade e direitos humanos.

 

DIREITO PENAL.

1. Princípios do Direito Penal.

2. A lei penal no tempo.

3. A lei penal no espaço.

4. Interpretação da lei penal.

5. Infração penal: elementos, espécies, tentativa.

6. Sujeito ativo e sujeito passivo da infração penal.

7. Tipicidade, ilicitude, culpabilidade, punibilidade.

8. Excludentes de ilicitude e de culpabilidade.

9. Erro de tipo; erro de proibição.

10. Imputabilidade penal.

11. Concurso de pessoas.

12. Concurso de crimes. Erro na execução. Resultado diverso do pretendido.

13. Crimes contra a pessoa.

14. Crimes contra o patrimônio.

15. Crimes contra o sentimento religioso.

16. Crimes contra a dignidade sexual.

17. Crimes contra a família.

18. Crimes contra a incolumidade pública.

19. Crimes contra a paz pública.

20. Crimes contra a fé pública.

21. Crimes contra a administração pública.

22. Penas: teoria da pena, penas restritivas de direito, penas privativas de liberdade.

 

DIREITO PROCESSUAL PENAL.

1. Princípios do processo penal.

2. Aplicação da lei processual no espaço, no tempo e imunidades.

3. Inquérito policial; notícia criminis.

4. Arquivamento do inquérito policial.

5. Ação penal; espécies.

6. Jurisdição; competência.

7. Prova.

8. Da Prisão, das medidas cautelares e da prisão em flagrante. Espécies. Prazos. Prisão preventiva e Prisão domiciliar.

9. Prisão temporária (Lei n.º 7.960/89).

10. Liberdade provisória com ou sem fiança.

11. Questões e processos incidentes.

12. Restituição das coisas apreendidas.

13. Medidas assecuratórias.

14. Incidente de falsidade.

15. Insanidade mental do acusado.

16. Prova. Disposições gerais. Corpo de delito e perícias em geral. Interrogatório do acusado. Confissão. Ofendido. Testemunhas. Reconhecimento de coisas e pessoas. Acareação. Documentos e indícios. Busca e apreensão.

17. Do acusado e seu defensor.

18. Processos dos crimes de responsabilidade dos funcionários públicos.

19. Processo Comum. Defesa preliminar, recebimento da denúncia, citação, intimação, carta precatória, sentença.

20. Procedimento relativo aos processos da competência do Tribunal do Júri.

21. Causas de extinção da punibilidade.

22. Habeas corpus.

 

MEDICINA LEGAL.

1. Conceito e divisão da Medicina Legal; História da Medicina Legal; Corpo de delito; Perícias e Peritos em Medicina Legal; Documentos Médico-Legais; Identidade e Identifi cação: Conceitos; Identificação Humana e Perícias Biométricas.

2. Traumatologia Forense: Classificação dos agentes lesivos; quantidade e qualidade do dano; Lesões e morte por armas brancas (instrumentos perfurantes, cortantes, pérfuro-cortantes, corto-contundentes).

3. Tanatologia Forense: Conceito e diagnóstico da morte; Fenômenos cadavéricos; Cronologia da morte; Pré-moriência e comoriência; Sobrevivência; Morte suspeita e Morte súbita; Lesões intravitam e lesões post mortem.

4. Traumatologia Forense: Lesões e morte por instrumentos perfuro-contundentes, projéteis de arma de fogo comuns e projeteis de arma de fogo de alta energia; lesões e morte por explosivos.

5. Traumatologia Forense: Lesões e morte por ação térmica, por baropatias e por ação elétrica. Síndrome de maus tratos à criança e ao adolescente (abusos físicos, sexuais e outros).

6. Sexologia Forense: Aspectos médico-legais dos crimes contra a dignidade sexual. Conceito de ato libidinoso; diagnóstico de conjunção carnal e ato libidinoso diverso de conjunção carnal; estupro.

7. Asfixiologia Forense: Conceito de asfixias; classificação dos tipos e modalidades: constrição do pescoço, sufocação e mudança do meio ambiente.

8. Aspectos médico-legais da gravidez, parto e puerpério. Aborto. Infanticídio. Provas de vida intra-útero e intraparto.

9. Toxicologia Forense: Conceito de cáustico e veneno; Principais causas jurídicas de envenenamento. Drogas de uso e abuso.

10. Limitadores e modificadores da imputabilidade penal e capacidade civil. Doença mental, desenvolvimento mental incompleto ou retardado, perturbação da saúde mental.

11. Aspectos médico-legais das drogadições (toxicomanias) e da embriaguez. Principais drogas

ilícitas e substancias de uso e abuso.

12. Aspectos médico-legais do casamento. Parafilias. Exames de locais de morte suspeita: Perinecroscopia: o cadáver, manchas suspeitas; Identificação de pelos humanos; Tanatologia Forense: inumação e exumação, causa médica e causa jurídica da morte.

 

LEGISLAÇÃO ESPECIAL.

1. Investigação criminal conduzida pelo Delegado de Polícia (Lei nº 12.830/2013).

2. Tráfico ilícito e uso de substâncias entorpecentes. (Lei nº 11.343/2006).

3. Identificação criminal (Lei nº12.037/2009).

4. Interceptação Telefônica (Lei nº 9.296/1996).

5. Crime organizado (Lei nº 9.034/95 e suas alterações).

6. Proteção à testemunha e delação premiada (Lei nº 9.807/99).

7. O crime de tortura (Lei nº 9.455/97).

8. Registro, posse e comercialização de armas e o Sistema Nacional de Armas (Lei nº 10.826/03.

9. Proteção de propriedade intelectual de programa de computador (Lei nº 9.609/98).

10. Crimes contra as relações de consumo (Lei nº 8.078/90).

11. Dos crimes contra as crianças e os adolescentes (Lei nº 8.069/90).

12. Dos crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor (Lei nº 7.716/89).

13. Juizados Especiais Cíveis Criminais. Crimes de pequeno potencial ofensivo. Competência e rito para julgamento dos crimes de pequeno potencial ofensivo (Lei nº 9.099/95).

14. Lavagem ou ocultação de bens, direitos e valores (Lei nº 9.613/98 e suas alterações).

15. Direito de representação e o processo de responsabilidade administrativa, civil e penal, nos casos de abuso de autoridade (Lei nº 4.898/65).

16. Crimes cometidos na condução de veículo automotor. Ação penal. Processo. Penas.

17. Violência doméstica (Lei nº 11.340/2006 e suas alterações).

18. Execução penal. Regimes de cumprimento de pena. Progressão, regressão e incidentes da execução penal. Direitos e deveres do preso. Regime disciplinar diferenciado.

19. Crimes contra o meio ambiente (Lei nº 9.605/98).

20. Estatuto do idoso (Lei nº 10.741/2003).

21. Crimes contra o sistema financeiro nacional. Competência (Lei nº 7.492/86).

22. Sigilo financeiro (Lei Complementar nº 105/2001).

23. Apresentação e uso de documento de identificação criminal (Lei nº 5.553/68).

24. Convenção Americana sobre Direitos Humanos. Pacto de São José da Costa Rica. Garantias Penais e Processuais Penais.

25. Crimes de responsabilidade de prefeitos e vereadores. Competência (Decreto-Lei nº 201/67).

26. Lei de Licitações. Crimes, processo e procedimento judicial. Competência (Lei nº 8.666/93).

27. Crimes Hediondos (Lei nº 8.072/90 e suas alterações).

28. Crimes contra a ordem tributária, econômica e contra as relações de consumo (Lei 8.137/90).

29. Crimes previstos no código de defesa do consumidor (Lei n. 8.078/90).

 

 

 Telefones WhatsApp: (91) 983186353 (Fixo) 3352-1392 (Oi) 987089524 (Tim) 983186353

E-mail: contato@apostilasautodidata.com.br

 

FORMAS DE ENTREGA:

 

PARA REGIÃO METROPOLITANA DE BELÉM ENTREGAMOS VIA MOTOBOY

DEMAIS CIDADES PELO CORRREIO

CALCULAR FRETE NO SITE

 

 

DAS FORMAS DE PAGAMENTO:

 

DESCONTO DE 10% PARA DEPÓSITO BANCÁRIO NO VALOR TOTAL DA COMPRA

 No caso de depósito bancário confirme o pagamento para o e-mail: contato@apostilasautodidata.com.br para liberação do produto

+ INFORMAÇÕES SOBRE ESTE CONCURSO

Prepare-se! Saiu o Edital da Polícia Civil 2016

Sai o edital do concurso público da Polícia Civil do Estado. Estão sendo esperadas 150 vagas para delegado, 300 para investigador, 180 para escrivão e 20 para papiloscopista. 

Os aprovados como investigador, escrivão e papiloscopista terão salário inicial de R$ 4.896; já para delegado o salário inicial é de R$ 11.250. A Fundação Carlos Augusto Bittencourt (Funcab) foi a empresa definida por licitação para organizar o concurso.

o tão aguardado edital do concurso Polícia Civil 2016 (PC-PA). A oferta total é de 650 vagas, sendo 150 destinadas ao cargo de delegado, 300 para investigador, 180 para escrivão e 20 papiloscopista. 

Para concorrer a função de delegado, é necessário apenas diploma de curso de nível superior completo de bacharel em Direito, fornecido por Instituição de Ensino Superior reconhecida pelo Ministério da Educação. Já os demais, nível superior em qualquer área de formação é aceito. A remuneração inicial do cargo de delegado é de R$ 12.250 e dos postos de investigador, escrivão e papiloscopista, R$ 5.204,05.

A carga de trabalho é integral, com exclusiva dedicação às atividades do cargo, com jornada semanal de quarenta e quatro horas, respeitadas as peculiaridades do cargo, podendo ser convocado a qualquer tempo, a critério da Administração da Polícia Civil-PA.

As inscrições abrem já nesta sexta-feira (15/7) e seguem até 23h59 do dia 21 de agosto, no site da organizadora, a Fundação Professor Carlos Augusto Bitencourt (Funcab). A taxa é de R$ 140,00 (delegado) ou R$ 110,00 (demais). O boleto deverá ser pago até o dia 22 de agosto, em toda a rede bancária.

Os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório; prova de capacitação física, de caráter eliminatório; exame médico, de caráter eliminatório; exame psicológico, de caráter eliminatório;  e investigação criminal e social, de caráter eliminatório, sob a responsabilidade da Polícia Civil do Pará. A objetiva está prevista para o dia 11 de setembro, no turno matutino, para as carreiras de investigador, escrivão e papiloscopista e 25 do mesmo mês para delegado, nos Municípios de Belém, nos Municípios  de Belém, Marabá, Altamira e Santarém. Candidatos ao posto de delegado terão ainda que elaborar uma peça processual, de caráter eliminatório e classificatório.

As disciplinas para que comporão a objetiva de delegado são as de Língua Portuguesa (5 questões), Direito Administrativo (10), Direito Ambiental (5), Direito Civil/Empresarial (10), Direito Constitucional (10), Direitos Humanos (5), Direito Penal (10), Direito Processual Penal (10), Medicina Legal (5) e Legislação Especial (10). Total de 80 itens de múltipla escolha. Na discursiva, o candidato deverá elaborar 01 (uma) Peça Processual de Representação.

Já para as carreiras de Investigador de Polícia Civil e Escrivão terão a objetiva compostas por questões de Língua Portuguesa (10), Noções de Informática (5), Raciocínio Lógico (5), Noções de Direito Administrativo (10), Noções de Direito Constitucional (10), Noções de Direito Penal (10), Noções de Direito Processual Penal (10), Legislação Especial (10) e Noções de Medicina Legal (10), num total de 80 questões. A prova de papiloscopista versará ainda sobre Noções de Identificação, Noções Básicas de Química e Noções de Medicina Legal.

Atribuições

Delegado:  Dirigir, coordenar, supervisionar e fiscalizar as atividades administrativas e operacionais do órgão ou unidade policial sob sua direção; cumprir e fazer cumprir, no âmbito de sua competência, as funções institucionais da Polícia Civil; planejar, dirigir e coordenar, com base na estatística policial e no conhecimento produzido pela atividade de inteligência policial, as operações policiais no enfrentamento efetivo à criminalidade, na área de sua competência; exercer poderes discricionários afetos ao cargo que objetivem proteger os direitos inerentes à pessoa humana e resguardar a segurança pública e a justiça criminal; entre outras.

Investigador:  Proceder, mediante determinação da autoridade Policial, às diligências e investigações Policiais com o fi m de coletar elementos para a elucidação de infrações penais ou administrativas para instrução dos respectivos procedimentos legais; efetuar prisões em fl agrantes ou mediante mandato (conduzir e escoltar presos); cumprir mandados expedidos pela autoridade Policial ou judiciária competente; operar equipamento de comunicações; conduzir veículos automotores e outros meios de transporte, desde que habilitado; entre outras.

Escrivão: Participar na formação de inquéritos Policiais e procedimentos administrativos, sob a presidência da autoridade Policial competente; expedir, mediante requerimento deferido pela autoridade Policial competente, certidões e translado; executar tarefas administrativas atinentes à atividade cartorária; responder pela guarda de objetos apreendidos, dando-lhes destinação legal, de acordo com a determinação da autoridade competente, bem como a escrituração dos livros de registro prisional; manter o controle do inventário dos bens patrimoniais da Unidade Policial, promovendo cargo e baixa dos mesmos, incluídas todas aquelas estabelecidas no art. 40 e demais disposições contidas na LC nº 22/94 e no RIPC/PA, aprovado pelo Decreto n° 2690 de 18 de Dezembro de 2006. 

Papiloscopista: Desempenhar atividades relacionadas ao cumprimento das formalidades legais necessárias aos inquéritos, aos processos e aos demais serviços cartorários; colher as impressões digitais no vivo e no morto, para fins de identificação civil e criminal; proceder à identificação papiloscópica e necroscopapiloscópica com a elaboração do respectivo laudo técnico; proceder à perícia iconográfica e ao retrato falado, com a elaboração do respectivo laudo técnico; planejar e desenvolver pesquisa na busca de aperfeiçoamento e na especialização na área; desempenhar outras atividades de interesse do órgão incluídas todas aquelas estabelecidas no art. 41 e demais disposições contidas na LC nº 22/94 e no RIPC/PA, aprovado pelo Decreto n° 2690 de 18 de Dezembro de 2006. 

Sobre o organizador

A banca tem um estilo bem tradicional e tem um nível de dificuldade mediana nas provas que aplica. Recentemente foi responsável pelos certames da ANS e, em 2014, da PRF, tornando-se mais conhecida em âmbito nacional.

As questões da Funcab são de complexidade relativamente baixa, valorizando a memorização. Além disso, nas disciplinas de Direito, a banca se baseia no texto literal da lei. O número de questões costuma ser relativamente alto, aproximadamente 60 questões, o que faz do tempo de realização da prova um fator limitante para o candidato. A contrapartida é que as questões são resolvidas mais rapidamente.

Em quase todas as provas de Língua Portuguesa, por exemplo, ela inicia com um texto e, a partir dele, extrai os enunciados de cada questão e suas respectivas assertivas. Além do conhecimento, o candidato pode contar com o bom senso para eliminar vários itens da questão antes de escolher a resposta, já que as questões são de múltipla escolha. Isso torna a prova menos pesada.  No entanto, é essencial que o candidato saiba interpretar e compreender o enunciado de cada questão, para reduzir as chances de se confundir com alternativas parecidas e ambíguas. Esse modelo possibilita que o candidato tenha oportunidades maiores no chute. Porém fica uma dica: Só é aprovado o candidato mais preparado.

Detalhes: 

  •  Concurso: Polícia Civil 2016 (PC-PA)
  •  Banca organizadora: Funcab
  •  Cargos: Delegado; Investigador;Escrivão; e Papiloscopista,
  •  Escolaridade: Nível Superior
  •  Número de vagas: 650
  •  Inscrições: de 15 de julho de 2016 a 21 de agosto de 2016
  •  Taxa: R$ 140 ou R$ 110
  •  Remuneração: Até R$ 12.250
  •  Prova objetiva: 25 de setembro ou  11 de setembro (demais) de 2016

Comentários sobre o produto